Archive for the ‘Jung’ category

Os mitos e os conflitos do dia a dia – Psicologia Analítica

13 de dezembro de 2016

Versão online da palestra que dei presencialmente!

Anúncios

Trailer de “A Dangerous Method” (Legendado)

25 de setembro de 2011

Tenho comentado com pessoas próximas o quanto estou na expectativa desta obra, que simplesmente mostra uns dos momentos mais importante e romantizado da historia da psicologia. “A Dangerous Method” é baseado na na peça “The Talking Cure”, de Christopher Hampton e conta a historia da relação Freud, Jung e Sabina. O trailer promete trazer um filme intrigante e polemico. Mas assista antes de tirar quaisquer conclusão.

Encontrei este trailer no canal do Youtube de :

Abraços e até o próximo post!

[Download]Segredos do Ocultismo

25 de outubro de 2010

Como sugerido pelo amigo Sidarta no comentário do post anterior, pesquisei na net e achei o documentário completo “Segredos do Ocultismo” do qual foi retirado o trecho que foi usado no post Freud contra Jung.

Os links pertencem ao blog Rainbow Documentários e a este pertencem os créditos de publicação.

Segredos do ocultismo

Descrição tirada de Rainbow Documentários:

Segredos do Ocultismo:
Produzido do Discovery Channel este documentário revela o fascinante e misterioso mundo do ocultismo. O mundo dos antigos mágicos analisado através dos olhos de grandes cientistas. Uma investigação e discussão sobre a magia, o misticismo, o significado dos sonhos e os métodos utilizados há séculos, para se comunicar e compreender o mundo do sobrenatural. Na série também somos apresentados aos avanços realizados por grandes cientistas como Newton, Galileu, Carl Jung e Einstein. Ilustres pensadores que contribuíram para o desenvolvimento e avanço da ciência moderna.

Tamanho do Arquivo: 560 mega [cada]
Audio: Dublado
Codec:  Divx
Qualidade: TVRip
Autoria: gmail.com

Links para Download:

Primeiro Episódio: Os Cientistas  Download

Segundo Episódio: Os Mágicos   Download

Mais uma vez agradecimentos ao leitor Sidarta e ao blog Rainbow, no qual não tive contato, porem disponibilizou na internet esse excelente material.

Referencia:

http://rainbowdocumentarios.blogspot.com/2010/07/segredos-do-ocultismo.html (acessado em 25/10/2010)

[Vídeo]Sigmund Freud contra Carl Jung

13 de outubro de 2010

 

Meio que por acidente me deparei com um vídeo no canal do Youtube de SeteAntigos7, que possuía esse curioso documentário da Discovery.

Embora a descrição do vídeo colocada na página seja, na minha opinião, agressiva em relação a psicanalise. Esse é um material que não pode ficar de fora, por se tratar de uma parte importante da Psicologia Analítica (Junguiana).

Vídeo:

A descrição abaixo é uma transcrição da página de SeteAntigos7 e não se refere a opinião do Pré-junguiano. Nós do Pré-Junguiano respeitamos as outras correntes de pensamentos, embora não sejamos obrigados a acreditar na mesma e esse direito e reciproco.

Descrição

“Sigmund Freud era um ateu/materialista assumido, ele até que fez progressos no entendimento da mente humana e suas anomalias, porém por conta de sua ideologia predileta, adotada em contraponto ao domínio das religiões, isto é o materialismo ateísmo, deixou a ciência de lado e resolveu adotar uma posição pseudocientifica, ignorando dados importantes que mostrava com clareza que sua visão reducionista estava equivocada.” (…)

Artigo no site:
http://seteantigoshepta.blogspot.com/…
Freud então se tornou um PSEUDOCIENTISTA que fazia de tudo para acobertar as evidencias que iam contra a sua ideologia Materialista/Ateia, e distorceu o que pode para valida-la.
Já Carl Jung, discípulo de Freud resolveu ser mais honesto e cientificamente mais preciso, ele como verdadeiro cientista se rendeu as evidencias, em vez de as esconder.”(…)

Gostaria de aproveitar e fazer uma pequena publicidade. Visitem meu novo projeto paralelo: http://newbieaulas.rg3.net (vídeo aulas grátis)

Abraços.

Referencias:

http://www.youtube.com/user/SeteAntigos7 (Acessado em 13 de setembro de 2010)

Vídeo – Tipos Psicológicos (Programa Credencial do dia 22-11-2008)

23 de abril de 2010

 

Olá a todos,

Encontrei esse vídeo em uma garimpagem no Youtube. Trata-se de de uma reportagem com o psicólogo Dr. Daniel de Freitas Barbosa, que explica 4 tipos psicológicos.

A apresentadora leva quase 2 minutos para introduzir o programa e exibir a matéria, mas vale a pena esperar.

Créditos: vídeo tirado do canal do Youtube de programacredencial

Vídeo:

Descrição na página do vídeo:

“programacredencial — 24 de novembro de 2008 — Programa Credencial 22-11-2008 Bloco 1
Todo sábado 12h15 SBT Rede Massa
Assista esse vídeo e descubra QUAL SEU TIPO PSICOLÓGICO. a Jany em um bate-papo com o psicólogo Dr. Daniel de Freitas Barbosa. Descubra QUE TIPO DE PESSOA VOCÊ É”

Tirado de: http://www.youtube.com/watch?v=r-IIYEwWR00&feature=related

Abraço a todos e até o próximo post.

YIN E YANG NAS DINÂMICAS DOS RELACIONAMENTOS AMOROSOS

14 de abril de 2010

Por Felipe Salles Xavier

Do ponto de vista junguiano os conceitos Yin e Yang da filosofia oriental expressam valores do simbolismo de nossa psique, ilustram o funcionamento psicológico que deriva do conflito entre opostos na estrutura de nossa mente. Na filosofia chinesa eles caracterizam polaridades de diversos opostos, bem versus mal, masculino versus feminino, racional versus emocional, consciente versus inconsciente, entre tantos outros.

 

De acordo com essa forma de pensamento tudo o que existe no universo deriva desse conflito de opostos, mas o conflito não é negativo, é unificador, tornando-se é uma tentativa de combinar equilibradamente as partes do Yin e Yang.  Desse ponto de vista, nada é apenas um aspecto e se o é, se torna doentio. O ideal é utilizar todos os opostos para vivenciarmos diversas habilidades humanas.

 

Em seu livro Ponto de Mutação, o físico austríaco Fritjof Capra reuni conceitos da prática oriental com a física quântica e definiu certas característica. Yin é a capacidade de energia receptiva, cooperativa, solidária, emocional, ou seja, é a capacidade feminina da psique. Já Yang é a capacidade externa, agressiva, expansiva, competitiva, ação e mostra o lado mais animal e masculino do ser humano.

 

Na visão junguiana essas características ilustram Animus e Anima. Todo arquétipo tem sua base na experiência biológica humana. Nós somos gerados da parceria que existem entre o homem e a mulher, para existirmos precisamos do espermatozóide masculino e do ventre feminino. Assim recebemos cargas genéticas de ambos os sexos. Nossa existência se da na junção de questões básicas do DNA, somos formados a partir de 23 cromossomos masculinos e 23 femininos, totalizando 46 cromossomos numa célula chamada zigoto, dessa unificação nascem os seres humanos.

 

Os hormônios masculinos que habitam a alma feminina são a testosterona e o andrógeno, eles fazem parte da musculatura, ajudam a regular o sistema reprodutor e auxiliam que o processo da gravidez aconteça saudavelmente. No homem os hormônios femininos são a progesterona e o estrogênio, o que da ao homem auxiliam no processo energético, na massa corporal e gordura corporal. Biologicamente um habita o corpo do outro. E por termos estas bases genéticas e biológicas, herdamos também a estrutura psíquica.

 

Enfim, Animus é o arquétipo que organiza as experiências do masculino, todos os homens já são animus, pois biologicamente identificam-se através do corpo com esse arquétipo. A Anima é o arquétipo responsável pelo feminino, as mulheres ao nascerem já se identificam com essa imagem. Entretanto podem ocorrer exceções que causam disfunções psicológicas em nossas estruturas.

 

Mas, esses arquétipos vivem enquanto realidades psicológicas nos seus opostos. Todo homem possui dentro de si uma imagem do feminino, da mulher, da mãe e isso é a sua Anima, ela ensina ao homem a entrar em contato com seus lados subjetivos. E o mesmo ocorre com a mulher mas sua figura interna é o Animus que é o masculino, o homem, o pai e auxiliando o contato com o lado físico e real.  

 

Nas pessoas com um desequilíbrio entre essas funções, não existe um meio termo, ou se vivencia o lado Yin (Anima) ou o lado Yang (Animus). Isso ocorre pelo fato já dito acima, os complexos materno e paterno, por causa da inversão de papeis familiares há também um erro na percepção do feminino e masculino das mulheres. 

 

Exemplos são as mulheres que procuram homens mais velhos para se envolverem afetivamente, a nível inconsciente procuram um pai que cuide delas, e eles com a energia do complexo paterno negativo atuando acabam sendo esta imagem psíquica. Ou então, as mulheres que se envolvem com homens que procuram mães, elas dominam esses homens, os sufocam, tratando-os como crianças, isso porque a nível inconsciente procuram ser mães dos parceiros.

 

Há também o perfil de mulheres que valorizam demais o corpo e o sexo como se fosse à única coisa que tem a oferecer, isso é patológico, pois a própria mulher desconhece o feminino, e muitas dessas mulheres podem exercer o complexo materno negativo, traindo ou escolhendo homens que as traiam e as desvalorizem.

 

Já nos homens, eles podem ser homens indecisos, às vezes preferem interromper o relacionamento, tendo medo de se machucarem emocionalmente, sendo assim, trocam rapidamente de parceiras, sempre buscando relacionamentos seguidamente, se envolvendo apenas sexualmente, entretanto, isso é uma forma de defesa ao amor, pois inconscientemente tem a idéia de que não são bons para receberem isso.

 

Ou ainda, podem ser possuídos pelo complexo materno negativo, invocando a imagem arquetípicas do Don Juan, estes geralmente seguem assim procurando uma mãe-deusa, uma mulher perfeita que os faça apaixonar fortemente. Isso tudo é uma dinâmica inconsciente para os homens que são acometidos por esta imagem, eles não percebem que estão sendo manipulados por forças interiores, e além do mais, existe também uma cultura brasileira que reforça esse comportamento com diversos estímulos ambientais, fazendo as pessoas acreditarem que isso é ser homem.

Vídeo: “A Jornada da Alma”

11 de abril de 2010

Tenho notado o interesse de muitos em conhecer melhor os detalhes da vide de Jung, porem, tem se tornado difícil para muitos, pelo menos geograficamente, encontrar material com o personagem.

Portando hoje topei com o link abaixo que se trata do filme “A Jornada da Alma”, filme que conta a historia de Sabina Spielrein, a primeira paciente do Prof. Jung, o qual ela veio a ter um romance. Antes de me jogarem pedra, é bom lembrar que esta obra não conta a historia com fidelidade aos fatos, e de fato o diretor preferiu romantiza-la.

Bem antes de passar o link, gostaria de pedir que valorizassem a obra e de preferencia a locadora ou a compra de uma cópia original. Mas entendo que esse filme vive esgotado e não está disponível nas locadoras de muitas regiões, se esse for seu caso o link segue abaixo.

Clique na imagem para acessar o vídeo (página externa):

sinopse:

Em 1905 Sabina (Emilia Fox), uma jovem russa de 19 anos que sofre de histeria, recebe tratamento em um hospital psiquiátrico de Zurique, na Suíça. Seu médico, o jovem Carl Gustav Jung (Iain Glen), aproveita o caso para aplicar pela primeira vez as teorias do mestre Sigmund Freud. A cura de Sabina vem acompanhada de um relacionamento amoroso com Jung. Após alguns anos ela volta à Rússia, tornando-se também psicanalista e montando a primeira creche que usa noções de psicanálise para crianças. Década após sua morte, ela tem sua trajetória resgatada por dois pesquisadores.

Espero que o filme ajude em seus estudos.

Atualização: Link para Download do Filme=http://www.megaupload.com/?d=TGRX1T6E

Abraços e até o próximo post.

Referencias e links recomendados para esse assunto:

http://www.megavideo.com/

http://www.adorocinema.com/filmes/jornada-da-alma

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sabina_Spielrein