Arquétipos: Deuses ou Idéias??

Durante a infância e adolescência há sempre aquele costume de querer saber de tudo…e o porquê de tudo!!

– Papai, por que Napoleão vivia com a mão dentro do casaco?

– Ora, ele deveria estra com frio!!

– Mas ele estava agasalhado…

– Então, deve ser porque ele estava com dor de barriga!!

– Mas… por que?

– Deve ter comido algo estragado durante a guerra!!

– Será?? Mas, por quê?

É chato para quem tem que responder e aturar essa saraivada de perguntas, aparentemente sem nexo. Mas é mais chato para aquele que fica sem respostas, pois bem pode ser que ele queira apenas chatear, mas também pode se tratar de uma dúvida válida.

O questionamento causal (perguntar a causa e os porquês) é o primeiro e áureo exercício de filosofia e busca do conhecimento. Através dele, perguntando “por que?”, vai-se abstraindo cada vez mais em idéias e campos mais subjetivos, mais e mais elevados e abrangentes. É como perguntar de onde viemos e por que viemos de tal lugar. E antes desse lugar, estávamos onde? E por que? Claro, chega-se a um limite em que quase já não conseguimos imaginar muita coisa, mas ainda bem antes do que a criança, por si só pode chegar. Como poderia dizer Kundera, “a partitura da Vida e da mente consciente delas está ainda praticamente em branco”.

E por esses exercícios, chegando a idéias cada vez vagas, e aparentemente sem sentido, é que se atinge as portas do Arquétipo, que quer dizer, em grego, “figura superior ou antiga”. Denota as idéias primordiais do mundo que derivaram nas idéias grosseiras, assim como os sentimentos, que permeiam toda a Natureza ao nosso redor.

E, se considerarmos, as idéias como sementes de coisas visíveis, são elas que governam e regulam o funcionamento da Natureza. estaria aí a resposta para os perplexos com a perfeição da Natureza?? Estaria aí a resposta para os que se questionam sobre a origem dos mitos dos Deuses e Heróis dos panteões de todos os povos?? Seria a Mitologia uma forma de explicar o que, de outra forma, seria impossível??

Assistam ao vídeo (que está espanhol, mas compreensível), que eu recomendo:

Explore posts in the same categories: Jung, Vídeos

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

9 Comentários em “Arquétipos: Deuses ou Idéias??”

  1. Joao Poeta Says:

    Aprendi muito com esse post.
    Obrigado.
    João

  2. Joicinha Says:

    Os conteúdos do inconsciente coletivo são os arquétipos, diferentemente do inconsciente pessoal os conteúdos do inconsciente coletivo nunca estiveram na consciência, são estruturas herdadas que ao longo da vida poderemos torná-las parcialmente consciente, através da imaginação ativa, dos sonhos, contos de fadas, mitologia e outras expressões criativas.

    Jung percebe o inconsciente coletivo como um segundo sistema psíquico da pessoa, sua natureza é supra-pessoal por isso não é adquirido, mas sim herdado de nossos ancestrais.


    • Joici!!

      Falar em “estruturas” fica um pouco desagradável, te confesso. Pois estruturas soam a coisas rígidas, palpáveis. E o incosnciente é aquilo de mais escondido de nossa Psiquê. Em relação à Mafia, ele é o gangster escondido em uma palacete cheio de muralhas em Acapulco…

      Mas é isso aí…vc já esmiuçou o pobre incosnciente. Tá pronto pra servir!! kkkkk

      Bjs!!


  3. Olá caro amigo Ebrael,

    Muito cultural seu Post, achei muito interessante o vídeo.

    Grande Abraço;

    Lauro Daniel

  4. Luísa Says:

    Ebrael,

    Gostei do vídeo. De algum modo ele é claro na ideia de arquetipo. Penso que um arquetipo seja a representação simbólica do inconsciente colectivo.

    Beijos
    Luísa


  5. excelente post. muito informativo e interessante.
    parabéns.

    tem selo no meu blog… vá pegar.
    abçs


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: