Expressões Jungianos no dia-a-dia.

 

Antes de iniciar o artigo, gostaria de agradecer à Marcia da comunidade Carl G. Jung Brasil, tentei agradecer via Orkut, mas parece que minha mensagem foi considerada Spam pelo sistema. Então, obrigado Marcia e segui sua dica e corrigi a descrição. Abraços.

Uma das primeiras coisas que notei quando iniciei meu humilde estudo sobre Jung, é que muita das expressões, e até mesmo teorias, Junguianas estão inseridas no nosso vocabulário ou nosso inconsciente coletivo. É claro que a teoria do senso comum não corresponde exatamente com seu sentido original, por isso reuni aqui as que lembrei e coloquei sua equivalente na Psicologia Junguiana.

Lado Feminino:

Para o Senso Comum: Embora não sege exatamente uma expressão Junguiana é claramente inspirada na teoria do “Anima e Animus”. O senso comum prega que o homem tem um mais feminino e sensível dentro de si.

Para Jung: Considerando que a expressão “Ele tem um lado feminino.” sege calcado no “Anima e Animus” então vou aproveitar aqui um texto da Wikipédia: “Anima e Animus, na Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung, são aspectos inconscientes de um indivíduo, opostos à persona, ou aspecto consciente da Personalidade. O inconsciente do homem encontra expressão como uma personalidade interior feminina: a Anima; No inconsciente da mulher, esse aspecto é expresso como uma personalidade interna masculina: o Animus.”

Complexos:

Para o senso comum: Costuma a ser associado a algum tipo de questão mal resolvida.

Para Jung: Vou aproveitar o texto do livro “Jung, Vida & Obra” (Nise da Silveira): “Os complexos são agrupamentos de conteúdos psíquicos carregados de afetividade.” “…o complexo interfere na vida consciente, levando-nos a cometer lapsos e gafes, perturba a memoria, envolve-nos em situações contraditórias, arquiteta sonhos e sintomas neuróticos.”

Bem como eu gosto de lembrar, eu sou apenas um estudante portanto nada do que eu escrevo pode ser considerado num estudo sério, por isso recomendo que procure livros especializados no assunto.

Referencias: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anima_e_Animus (acesso do dia 07 /10/2009 16:00)

Jung Vida & Obra; Silveira, Nise Da; Paz e Terra; 1997

Ps.: Se notarem falhas, erros de qualquer tipo, por favor não existem em me avisar. Abraços

Explore posts in the same categories: Artigo, Jung

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: